Acentuação em ditongos‏

Muitas pessoas ainda escutam a palavra “ditongo” e às vezes tem até arrepios, por falta de conhecimento, não saber do que se tratam assim como também não sabem o aplicar, a seguir informaremos algumas regras de acentuação específicas para ditongos e hiatos conhecendo todas as modificações exigidas através do novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Algumas das regras de acentuação de acordo com a nova ortografia

As novas regras propõem que as palavras que são oxítonas e que possuem ditongos abertos com éis, éu(s) e ói(s) são acentuadas como entre outras as seguintes palavras abaixo:

-éis

anéis, fiéis, papéis, réis

-éu(s)

céu(s), chapéu(s), Ilhéus, véu(s)

-ói(s)

corrói (corroer), herói(s), remói (remoer), dói (doer), sóis (plural de sol)

Porém no novo acordo houveram mudanças bastante significativas com relação á acentuação dos ditongos abertos de sílabas tônicas das palavras paroxítonas.

Estas palavras consideradas ditongos abertos que são representados por -ei- e -oi-, que antes do Novo Acordo Ortográfico eram acentuados, perderam o acento. Veja abaixo como ficou a grafia dessas palavras sem o acento:

-ei-

assembleia, boleia (do caminhão), ideia

-oi-

alcaloide, (eu) apoio (apoiar), heroico, jiboia, paranoia, paranoico.

Acentuação em ditongos‏

É importante também observar que os ditongos abertos de sílabas tônicas das palavras paroxítonas não perdem seu acento, caso haja outra regra que o justifique, como nas palavras abaixo:

Méier, destróier

Elas mantêm o acento, pois são paroxítonas terminadas em -r.

Estas foram algumas dicas de como se utilizar e escrever corretamente palavras que são normalmente pouco utilizadas em escritas e ainda assim geram muitas dúvidas nas pessoas. Para informações detalhadas quanto á estas e outras regras também aplicadas a nossa tão complexa língua portuguesa é possível se localizar informações bastante valiosas destas e de outros tipos de regras que também deverão ser aplicadas de agora em diante na nossa escrita, seja em redações, processos de seleção de empregos, textos, cartas formais, e-mails, é sempre muito importante saber escrever corretamente, para então poder passar credibilidade ás pessoas. Espero poder ter ajudado um pouco.